Gabriel Oliva Brum

Escolaridade: Bacharel em Letras, tradução de inglês, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Pequeno histórico tolkieniano: Coloquei as mãos em uma edição do SdA pela primeira vez em 1994 e a paixão foi imediata. Desde então, venho estudando a obra em seus mais variados aspectos. Aprendi inglês lendo textos originais de Tolkien, o que faço com prazer até hoje. No segundo semestre de 2000 conheci o site Calaquendi e entrei para a lista de discussão do mesmo e também para a lista do Na Toca do Hobbit. Passei a traduzir textos (principalmente da HoME) para as listas por simples diversão e posteriormente os textos passaram a ser publicados diretamente na Calaquendi. Quando da fusão da Calaquendi com o site Pelennor em 2001, que resultou no atual Valinor, continuei traduzindo mais textos da HoMe e, no início de 2002, entrei definitivamente para a equipe da Valinor, com o nick de “Tilion” (o mesmo que continuo usando no Fórum Valinor e na Brasnet). Além dos textos da HoME, passei a me interessar mais pelos textos de Michael Martinez e traduzi alguns deles.

Tomei conhecimento do site Ardalambion ainda em 2000, mas só passei a traduzir algo no início de 2002, ainda por pura diversão, claro. Trata-se do Curso de Quenya do próprio Helge. A princípio, por achar que não iria muito longe com a tradução, mantive ele apenas para mim. Mas meu interesse nos idiomas élficos ia crescendo rapidamente, e por fim resolvi dividir isso com o público da Valinor. Hoje o Curso de Quenya está inclusive publicado em livro.

Da tradução do site: apesar de já haver algumas versões dos artigos de Helge em português, muita coisa ainda estava sendo negligenciada. Para corrigir esta situação, e para tornar acessível ao público desejoso de tomar conhecimento dos excelentes artigos linguísticos do site, mas que não o fizeram antes por não dominarem a língua inglesa, me dispus a traduzir todo o conteúdo aqui contido na íntegra. Este é um trabalho de esforço único e de caráter respeitoso quanto aos esforços de Helge em tornar mais acessíveis os idiomas de Tolkien; por isso, peço que nenhuma parte deste site seja reproduzida em qualquer outro lugar (especialmente na net) sem as autorizações prévias de minha parte e de Helge Fauskanger (a impressão do conteúdo aqui contido para uso pessoal é permitida, desde que permaneça realmente pessoal).

7 opiniões sobre “Gabriel Oliva Brum”

  1. Gabriel, boa tarde.

    Desculpe-me o modo com que veio a ter contato com o senhor, mas eu gostaria de saber se há algum site aconselhado para traduzir frases do Português para o Quênia.
    Preciso com um pouco de urgência, e se o senhor souber, eu ficaria grata se pudesse me mostrar.

    Agradecida desde já.

  2. Oi tudo bem,

    Achei extraordinário todo o trabalho que tem feito nesse site, quanto as traduções, na verdade não sei se este espaço e destinado a algum pedido, mas nao custa tentar.
    Existe um citação de Fernando Sabino que há muito me tem ajudado a superar os maiores impasses da vida, e esté :
    “No fim tudo dá certo, e se não deu certo é porque ainda não chegou ao fim.”

    Por gostar muito das obras de tolkien dentre outras as quais fazem referência a idade media, gostaria de fazer uma tatuagem no idioma elfico mas nao sei como conseguir fazer isto, poderia me apontar alguma direção ?
    Precisava tanto da sua tradução quanto da sua arte para usa-la na confecção da tatuagem.

    Aguardo sua resposta.

    att
    Pedro Eugênio

  3. Bom dia ,
    Otimo site , verdadeira obra pra amantes de LOTR.
    Se possível traduza para tengwar 6 palavras por favor , 3 nomes e três sentimentos.
    RAFAELA = DESTRUIÇÃO OU PERDIÇÃO
    SUSANY = ETERNO
    BIANCA = FELICIDADE
    Desde já agradeço.

  4. Gostei de você. Mas poderia me ajudar. Tô estudando o quenya, estou começando pelo básico. Você teria um dicionário português – quenya ? Em PDF de preferência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um site Valinor